Capitão do Manchester United libertado sob custódia na ilha grega de Mikonos - Plataforma Media

Capitão do Manchester United libertado sob custódia na ilha grega de Mikonos

Harry Maguire foi libertado sob custódia pela polícia grega hoje mas enfrenta ainda a acusação de agressões. A rixa entre turistas ingleses resultou em polícias agredidos ,quinta-feira, na ilha de Mikonos

Usando um boné de basebol e máscara, o capitão do Manchester United United Harry Maguire saiu do tribunal na ilha vizinha de Syros, acompanhado por membros da sua equipa jurídica. Acusado de agressões, foi libertado sob custódia hoje. Entrou de seguida numa carrinha escura.

A audiência do defesa-central de Inglaterra foi marcada para terça-feira, mas ele não é obrigado a estar presente.

O Manchester United emitiu um comunicado: “Após o comparecimento ao tribunal hoje, observamos o adiamento do caso para permitir que a equipa jurídica considere o arquivamento. “Harry declarou-se inocente das acusações. Não seria adequado para o jogador ou para o clube comentar mais enquanto o processo legal correr o seu curso”.

O advogado de Maguire, Constantinos Darivas, declarara ao site desportivo grego gazzetta.gr que o defesa inglês negou as acusações e estava em “boas condições”, apesar de ter passado duas noites na prisão desde a sua detenção na noite de quinta-feira.

O canal de TV grego Mega noticiou que o pai de Maguire voou para a Grécia para ficar ao lado do filho. O caso judicial está a decorrer na ilha de Syros, o centro administrativo do grupo de ilhas das Cíclades que inclui a ilha de Mykonos.

Maguire foi detido na quinta-feira após uma “altercação” entre dois grupos de turistas britânicos em Mykonos. Segundo o canal grego Mega, Maguire ficou furioso depois de alguém do outro grupo agredir a sua irmã. Um comunicado da polícia grega na sexta-feira referiu que três homens com idades entre 27, 28 e 29 anos foram presos em Mykonos.

A polícia grega adiantou ainda que um agente foi esmurrado no local e que uma segunda rixa rebentou na esquadra de polícia local, onde os três ingleses “resistiram fortemente à detenção, empurrando e agredido três agentes”.

Um dos ingleses terá então tentado subornar os polícias para abafar o incidente, referiu a polícia. Os suspeitos são acusados ​​de agressão, resistência à prisão, insultos verbais, ameaças aos agentes que os prenderam e tentativa de suborno, informou a polícia.

Quatro oficiais de Mykonos sofreram ferimentos ligeiros na confusão, disseram as autoridades.

A ilha de Mykonos é popular entre as estrelas do desporto e outras celebridades pela sua vida noturna e festas de praia.

A temporada 2019/20 do United terminou no domingo com uma derrota por 2 a 1 para o Sevilla nas semifinais da Liga Europa. Mas o clube estará de volta aos treinos de pré-temporada em duas semanas e pode começar a nova campanha da Premier League em menos de um mês. Na segunda-feira, Maguire tuitou após a eliminação: “É hora de ir embora, refletir, recuperar e estar pronto para voltar mais forte na próxima temporada.”

Assine nossa Newsletter