Senado economiza R$ 4 milhões com viagens na pandemia -

Senado economiza R$ 4 milhões com viagens na pandemia

Desde o final de março, sessões passaram a ser remotas. Assim, em relação ao mesmo período do ano passado, economia chega a 91%

Desde abril, pouco depois de o Senado implementar as sessões remotas para evitar a proliferação do novo coronavírus, despencaram os custos com passagens aéreas usadas pelos parlamentares para se deslocar até Brasília.

Em relação ao mesmo período do ano passado, a economia chega a 91%, o que equivale a R$ 4,13 milhões. O valor é referente a custos de locomoção de senadores, assessores e servidores da Casa. No caso dos servidores, inclui também os gastos com diárias.

O destino do dinheiro economizado, contudo, ainda é incerto. Segundo a Casa, o valor poupado com os servidores poderá “eventualmente” ser usado para custear outros gastos do Senado. Em 2020, o Senado tem orçamento previsto de R$ 4,5 bilhões, sendo R$ 3,8 bilhões com despesas de pessoal e encargos.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter

Vale a pena ler...
Presidente do STJ tem resultado positivo para covid-19