Após recordes, Hong Kong impõe uso obrigatório de máscara -

Após recordes, Hong Kong impõe uso obrigatório de máscara

Após registrar recordes diários no número de casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2), o governo de Hong Kong anunciou a obrigatoriedade no uso de máscaras de proteção em locais públicos.   

Segundo o secretário-chefe da administração do território, Matthew Cheung, as regras entram em vigor na quarta-feira (29) por conta da “situação epidêmica estar extraordinariamente grave” e seguem até, no mínimo, o dia 4 de agosto.   

Quem desrespeitar, pagará uma multa de cerca de US$ 645 (cerca de R$ 3,3 mil). Apenas crianças e pessoas comprovadamente com doenças graves estão isentas.   

Além de impor o uso da máscara, o anúncio desta segunda-feira (27) ainda inclui a proibição de reuniões e aglomerações com mais de duas pessoas em locais públicos e a obrigação dos restaurantes apenas fornecerem alimentação para viagem. Também foram fechados centros esportivos e de recreação e as piscinas públicas.   

Leia mais em Istoé

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
MundoSociedade

Guterres lamenta um milhão de mortos e diz que mundo tem de aprender

Mundo

Meio milhão de tubarões poderão ser mortos para produção da vacina de Covid-19

BrasilCultura

Covid-19: Galeria Solidária arrecada e distribui a fotógrafos prejudicados pela pandemia

MundoSociedade

Covid-19 já matou um milhão de pessoas em todo o mundo

Assine nossa Newsletter

Vale a pena ler...
Seul diz que caso suspeito da Coreia do Norte não estava infetado