Ativos da ESCOM para saldar dívida - Plataforma Media

Ativos da ESCOM para saldar dívida

O Ministério Público acusou Ricardo Salgado e Amílcar Pires de elaborarem uma estratégia, que passou pela criação de cinco sociedades para comprar ativos da ESCOM e assim resolver o problema da dívida ao BESA, com crédito dado pelo banco angolano.

Na acusação, a que a Lusa teve acesso, o Ministério Público (MP) descreveu como, confrontados com um aperto de regulação do Banco de Portugal (BdP) e com as consequências de uma linha de apoio do Banco Nacional de Angola (BNA), de cerca de 570 milhões de euros, ao BESA (BES Angola) e cujo atraso no cumprimento de créditos devidos à entidade, iria implicar uma provisão nas contas que apontaria para a verdadeira situação da ESCOM, o antigo presidente da Comissão Executiva (CE) do BES, Ricardo Salgado, o administrador do banco, Amílcar Pires e ainda Rui Guerra, da CE do BESA, terão arquitetado a criação de cinco sociedades através das quais foram comprados ativos da ESCOM.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
PolíticaSociedade

Justiça timorense não deve ser descredibilizada e precisa de mais formação e meios

MundoSociedade

Poderoso lobby de armas nos EUA pede falência para fugir da justiça

AngolaPolítica

Oposição angolana defende justiça mais independente e que inspire mais confiança

BrasilDesporto

Ministério Público brasileiro investiga suposta festa de passagem de ano de Neymar

Assine nossa Newsletter