Empresário de 33 anos encontrado desmembrado em condomínio de luxo

por Fernanda Mira

Fahim Saleh foi encontrado em casa, em Nova Iorque, pela irmã. Suspeito do crime terá subido com ele no elevador. O seu paradeiro é desconhecido.

A última vez que Fahim Saleh, empresário do sector tecnológico e CEO da Godaka, uma empresa de partilha de motorizadas que atua na Nigéria, foi visto com vida foi quando as câmaras de vigilância o apanharam, na segunda-feira, a subir no elevador do condomónio privado de Manhattan onde vivia.

Na altura estava acompnhado de um homem todo vestido de preto – homem esse que a polícia suspeita ser o seu assassino. Isto porque o corpo de Saleh, americano de origem do Bangladesh, foi encontrado, desmembrado, no seu apartamento, segundo confirmaram fontes policiais à CNN e The Wall Street Journal.

A descoberta macabra foi feita pela irmã de Saleh, que ao entrar no apartamento para saber se estava tudo bem encontrou o tronco na sala de estar. As outras partes do corpo estavam espalhadas pelo apartamento, colocadas em sacos, explicou a polícia

Leia mais em Diário de Notícias

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!