Restrições impostas por apenas 11 países deixam 40% do turismo em xeque - Plataforma Media

Restrições impostas por apenas 11 países deixam 40% do turismo em xeque

Limitações novas e corte nos aviões comprometem 7,3 mil milhões de euros em receitas, cerca de 40% do mercado de um mercado de 18,4 mil milhões.

Reino Unido, Dinamarca, Bélgica, Noruega e Canadá são alguns países que impõem restrições relevantes aos seus residentes no regresso de viagens turísticas (as chamadas viagens não essenciais) a Portugal. No caso do Brasil e dos Estados Unidos faltam ligações aéreas, sendo que os EUA ainda nem sequer têm luz verde para se ligarem outra vez à Europa (só em caso de viagens profissionais e essenciais).

Onze dos 22 maiores mercados emissores de turismo (dados do Turismo de Portugal referentes a 2019) têm algum tipo de limitação para os seus residentes se procederem de Portugal. Ou falta de procura e de meios para cá chegar.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Covid-19: plano de imunização está praticamente pronto, diz Bolsonaro

PortugalSociedade

Mais de seis mil casos de covid-19 no terceiro pior dia em número de mortos

BrasilLifestyle

Chile inicia reabertura gradual do turismo para brasileiros

FuturoMundo

Mutações descobertas do coronavírus revelam que não se tornou mais contagioso

Assine nossa Newsletter