Mais de 15 mil cidadãos foram detidos durante o Estado de Emergência em Angola - Plataforma Media

Mais de 15 mil cidadãos foram detidos durante o Estado de Emergência em Angola

Pelo menos, 15 mil 658 cidadãos foram detidos no país durante o Estado de Emergência, anunciou ontem, em Luanda, o ministro do Interior.

Durante o acto que marcou o 41º aniversário do Ministério do Interior, assinalado domingo, Eugénio Laborinho disse que durante o mesmo período foram apreendidas 10.429 viaturas, 20.445 motociclos e 184 armas de fogo de diversos calibres.

“Enquanto durou o Estado de Emergência foram empregues 87.759 efectivos das Forças de Defesa e Segurança, com realce para 77.278 da Polícia Nacional, 2.200 do Serviço de Investigação Criminal, 1.300 do Serviço de Migração e Estrangeiros, 420 do Serviço Penitenciário e 3.970 do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros”, disse.

Acrescentou que foram julgados sumariamente 1.606 cidadãos e encerrados 10.762 estabelecimentos comerciais, sendo 8.013 mercados informais e 2.749 mercados formais, consubstanciados em armazéns, lojas e cantinas.

Leia mais em Jornal de Angola

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Metade dos moradores de São Paulo e Rio deixaria as cidades se pudesse

BrasilSociedade

No Brasil, casos de covid-19 caem 19% e mortes diminuem 17%

Mundo

Madrid decreta recolher obrigatório

PortugalSociedade

Surto de covid-19 na GNR do Porto após almoços-convívio

Assine nossa Newsletter