Morreu Paiakan, chefe indígena da Amazónia, de Covid-19 - Plataforma Media

Morreu Paiakan, chefe indígena da Amazónia, de Covid-19

Paiakan chamou a atenção internacional na década de 1980 quando lutou contra o projeto hidrelétrico de Belo Monte – a terceira maior barragem do mundo. Tinha 65 anos

Era um dos mais conhecidos defensores indígenas da floresta amazónica e é mais uma vitima do novo coronavírus no Brasil. Paulinho Paiakan tinha 65 anos e era um chefe do povo Kayapo.

Paiakan chamou a atenção internacional na década de 1980 quando lutou contra o projeto hidrelétrico de Belo Monte – a terceira maior barragem do mundo.

Leia mais em Diário de Notícias.

Artigos relacionados
BrasilPolítica

União Europeia quer quarentena de 14 dias para quem chega do Brasil

PortugalSociedade

Mais 252 mortes e 6923 casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Mundo

Presidente mexicano López Obrador anuncia que tem covid-19

SociedadeTimor-Leste

Timor-Leste deverá receber primeiras vacinas a partir de abril

Assine nossa Newsletter