Hospital guineense lamenta "morte evitável" de jovem por falta de oxigénio - Plataforma Media

Hospital guineense lamenta “morte evitável” de jovem por falta de oxigénio

A Guiné-Bissau é o que tem mais infeções de covid-19, com 1.389 casos, registando 12 mortos.

A diretora do hospital de Cumura, nos arredores de Bissau, Jamila Bathy, lamentou a “morte evitável e desnecessária” de uma jovem de 22 anos por falta de oxigénio naquele estabelecimento hospitalar.

O hospital de Cumura, a cerca de 10 quilómetros de Bissau, é uma das unidades de saúde que recebe doentes infetados por covid-19, além do Hospital Nacional Simão Mendes, na capital guineense.

Por ti nossa doente de 22 anos. Estamos de luto pela tua morte desnecessária e evitável . Pedimos desculpas por não…

Publiée par Jamila Bathy sur Jeudi 11 juin 2020

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: English

Related posts
AngolaBrasil

Pandemia agradece aos individualismos

Lifestyle

Adele chora ao cancelar espetáculos em Las Vegas devido ao Covid

MundoSociedade

Áustria é o primeiro país da UE a adotar vacinação obrigatória

BrasilSociedade

Laboratório diz que duas doses da Coronavac "neutralizam" Ómicron

Assine nossa Newsletter