Brasil: mil mortos e 32.091 novos infetados - Plataforma Media

Brasil: mil mortos e 32.091 novos infetados

 O Brasil voltou hoje a ultrapassar a barreira dos mil mortos diários pela covid-19, tendo registado 1.272 óbitos e 32.091 infetados nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados hoje pelo executivo brasileiro.

No total, o país sul-americano totaliza 38.406 vítimas mortais e 739.503 casos confirmados desde o início da pandemia, registada oficialmente no Brasil no final de fevereiro.

De acordo com a tutela da Saúde, a letalidade da covid-19 no país está hoje em 5,2%, sendo que o Brasil registou até ao momento a recuperação de 311.064 pacientes infetados.

Após vários dias a omitir os dados acumulados desde o início da pandemia, o Governo brasileiro, liderado pelo Presidente Jair Bolsonaro, voltou hoje a divulgar os números acumulados e os índices proporcionais dos contágios e mortes em decorrência do novo coronavírus.

Nos últimos dias, o Ministério da Saúde apenas divulgou os óbitos e infetados confirmados nas 24 horas anteriores, situação que causou protestos em diferentes setores, que acusaram o Governo brasileiro de dificultar o acesso à informação.

Face a divulgação parcial dos números, O Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil chegou a determinar na segunda-feira que o Ministério da Saúde retomasse a divulgação dos dados acumulados da pandemia de covid-19 no prazo de 48 horas, contrariando a decisão do Governo.

A pandemia de covid-19 já provocou quase 408 mil mortos e infetou mais de 7,1 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Related posts
MundoSociedade

Japão abre as portas para turistas em grupos organizados

Gigantes farmacêuticos lucram 932 euros por segundo com a Covid-19

MundoSociedade

Segunda geração de vacinas contra a covid-19 está atrasada

MacauSociedade

Mais de nove mil vacinas da BioNTech para crianças vão ser distribuídas a partir da próxima terça-feira

Assine nossa Newsletter