Ministério recua nos cortes dos orçamentos das escolas - Plataforma Media

Ministério recua nos cortes dos orçamentos das escolas

As escolas foram surpreendidas, esta semana, com o anúncio de cortes entre os 14 e 25% dos seus orçamentos. A denúncia foi feita esta quinta-feira, no Parlamento, pelo BE. O Ministério anunciou horas depois que foi um erro que não será cumprido.

Os agrupamentos receberam um ofício do Instituto de Gestão financeira da Educação (Igefe), esta semana, a comunicar-lhes cortes nos orçamentos entre 14 e 25%, alguns casos até superiores, garantiu ao JN o presidente da Associação Nacional de Dirigentes Escolares (ANDE). A deputada do BE Joana Mortágua denunciou a intenção durante a interpelação ao Governo, esta quinta-feira, no Parlamento. Horas depois o ME garantia que o documento foi um erro.

“A referida informação foi enviada, indevidamente, pelo que está a ser retirada. Não haverá cortes nas verbas atribuídas às escolas”, garantiu ao JN o gabinete do ministro, Tiago Brandão Rodrigues, através de uma resposta escrita.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Infecção por covid-19 dá alguma imunidade, mostra estudo

ChinaSociedade

China regista primeira morte em oito meses

MundoPortugal

Reino Unido proíbe voos de Portugal

MundoSociedade

Primeiras vacinas da parceria global Covax devem chegar a África em março

Assine nossa Newsletter