Está preparado para a era dos megadados? - Plataforma Media

Está preparado para a era dos megadados?

A “criação de uma cidade inteligente “tornou-se na “zona inteligente líder mundial”. Ambas foram expressões utilizadas pelo antigo chefe do Executivo de Macau.

No ano de 2019, Fernando Chui Sai-on revelou que o centro de computação em nuvem localizado no Terminal Marítimo de Passageiros da Taipa tinha iniciado oficialmente operações e que seria aberta a plataforma de dados no final do ano. Isto significa que Macau está agora mais perto de ser uma cidade inteligente? Este foi também um ano de mudança de Governo, com Ho lat-Seng a voltar ao tema no primeiro relatório de Linhas de Ação Governativa que apresentou aos deputados na Assembleia Legislativa: “iremos construir uma cidade digital e acelerar a construção de infraestruturas digitais como redes 5G e bases de dados.”

É ainda importante oferecer prioridade a dados que são do interesse público, como declarações de interesses oficiais, horários em tempo real de transportes públicos e preços de bens de consumo

Antes de o atual Governo anunciar a construção de um centro de dados financeiro, uma plataforma de partilha de dados, uma base de dados de ADN ou outros sistemas de agregação de dados controversos, deve primeiro consultar a população. O Governo, como organização importante na sociedade, possui uma imensa quantidade de dados e, por isso, o uso para a governação, a digitalização e automatização de serviços, é um importante objetivo. No entanto, é também igualmente importante atualizar regularmente os dados, com uma gestão rigorosa e um formato de ficheiros com que seja fácil de trabalhar. É ainda importante oferecer prioridade a dados que são do interesse público, como declarações de interesses oficiais, horários em tempo real de transportes públicos e preços de bens de consumo.

Como membros da sociedade é altamente importante sabermos como analisar e usar estes dados, preparando-nos para uma nova era de megadados.

Assine nossa Newsletter