UCCLA apresenta iniciativa "A Cantar em Português #FICOEMCASA" - Plataforma Media

UCCLA apresenta iniciativa “A Cantar em Português #FICOEMCASA”

A missão é trazer música, com autores dos países de língua portuguesa, num momento em que milhares de pessoas se encontram em isolamento social

A União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA) acaba de lançar a segunda temporada da iniciativa “A Cantar em Português #FICOEMCASA”.

A iniciativa, refere a UCCLA, tem como missão trazer música, com autores dos países de língua portuguesa, num momento em que milhares de pessoas se encontram em isolamento social, resultado da pandemia da Covid-19. “Num contexto em que os espetáculos foram adiados, as exposições proteladas e a cultura, de uma maneira geral, está a passar por uma fase menos favorável, a UCCLA apresenta “A Cantar em Português #FICOEMCASA””, pode ler-se no comunicado de imprensa enviado às redações.

“A Cantar em Português #FICOEMCASA” contará com a participação de Carlos Alberto Moniz (Portugal), Into Ferreira (Timor-Leste), Kálu Mendes (São Tomé e Príncipe), Luiana Abrantes (Angola), Mário Marta (Cabo Verde), Mingo Rangel (Moçambique), Sílvia Nazário (Brasil) e Tabanka Djaz (Guiné-Bissau).

Relembre-se que, na primeira temporada, os artistas que autorizaram a divulgação das suas canções foram: Camila Masiso (Brasil), Cao Bei (China), Costa Neto (Moçambique), Guto Pires (Guiné-Bissau), Paulo de Carvalho (Portugal), Paulo Flores e Yuri da Cunha (Angola), Tonecas Prazeres (São Tomé e Príncipe) e Zézé Barbosa (Cabo Verde).

Artigos relacionados
CulturaPortugal

"Em Portugal percebi como funcionava um país democrático"

CulturaMundo

De Bob Dylan a Shakira, os músicos "vendem-se" ao streaming

BrasilCultura

Saiba quem é a brasileira por trás de uma revolução feminina na música clássica

AngolaCultura

História da música angolana deve constar no currículo

Assine nossa Newsletter