União Africana. Um "intruso" exterminador na celebração dos 57 anos - Plataforma Media

União Africana. Um “intruso” exterminador na celebração dos 57 anos

Os 57 anos de existência da organização continental africana são celebrados de forma histórica e inédita. Pela primeira vez, o continente é atingido por uma pandemia global que começou em Whuan, província de Hubei, na China.

O Novo Coronavírus já fez cerca de três mil mortes em mais de 8.500 casos de infecção da Covid 19 no continente. O Norte e o Sul dominam as estatísticas da União Africana. O Egipto tem mais de 600 mortes, em cerca de 12.500 casos, e a África do Sul está perto das 300 mortes, em mais de 15.500 casos positivos da pandemia.

O continente ainda não conheceu o pico da pandemia da Covid 19. A União Africana alerta que, embora as fatalidades associadas à pandemia da Covid 19 sejam baixas, uma elevada percentagem da população no continente pode estar infectada no próximo ano, resultando num grande número de mortes, sobretudo de pessoas idosas e doentes.

Leia mais em Jornal de Angola.

Artigos relacionados
LifestyleMundo

Viveu três meses em aeroporto dos EUA porque tinha medo da covid-19

PolíticaPortugal

Proibida venda ou entrega ao postigo exceto comida e permanência em jardins

PortugalSociedade

Portugal é o país com maior número de novos casos por milhão de habitantes

Portugal

Portugal regista novo máximo de mortes e de internamentos por Covid-19

Assine nossa Newsletter