Decisão de Moro estava tomada antes de Bolsonaro comunicar troca no comando da PF - Plataforma Media

Decisão de Moro estava tomada antes de Bolsonaro comunicar troca no comando da PF

Com seis minutos de atraso, abatido e cabisbaixo, o então ainda ministro Sergio Moro entrou pelo acesso direito do Auditório Tancredo Neves do Palácio da Justiça para encerrar 478 dias de sua participação no governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), contados a partir do ato de sua nomeação, em 2 de janeiro de 2019.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Milhares de indígenas acampam em Brasília em defesa das suas terras

BrasilSociedade

Reportagem: Capital do Brasil vive ambiente de esperança após início da vacinação

BrasilPolítica

Bolsonaro: "Quem decide se um povo vai viver democracia ou ditadura são as Forças Armadas"

BrasilPolítica

Brasil passa a exigir teste negativo de covid-19 para entrada no país

Assine nossa Newsletter