Polícia prendeu médico que testa Covid-19 a sem-abrigo nas ruas - Plataforma Media

Polícia prendeu médico que testa Covid-19 a sem-abrigo nas ruas

Um médico de Miami, que fazia testes de Covid-19 a sem abrigo, nas ruas, acusou a polícia norte-americana de racismo, devido a ter sido detido junto à sua casa.

Armen Henderson, como provam as imagens, estava a arrumar algum material numa carrinha e entretanto surge um carro da polícia de Miami, que o questiona sobre o lixo que este tinha no quintal. O polícia pede a identificação ao médico, este diz que não a tem consigo e acaba por ser algemado.

“Se eu fosse uma pessoa de pele mais clara ou branca, apenas a fazer a mesma coisa, não acredito que o polícia me tivesse abordado. A natureza da abordagem é que me preocupa. O polícia colocou o dedo na minha cara e disse-me para o tratar por sargento e não por senhor. Foi humilhante, colocou-me em perigo, o meu trabalho em risco, as pessoas que amo em riso e também os meus pacientes”, afirmou Armen Henderson na CNN.

Artigos relacionados
Sociedade

Casos caem para menos de 500 na parte continental da China

MundoSociedade

França ultrapassa barreira dos 25 mil mortos

MundoSociedade

Itália regista mais 195 mortes e continua a reduzir casos

DesportoMundo

Final da Taça do Rei com público? Eis a posição da federação espanhola

Assine nossa Newsletter