Maranhão comprou da China, mandou para Etiópia e driblou governo federal para ter respiradores - Plataforma Media

Maranhão comprou da China, mandou para Etiópia e driblou governo federal para ter respiradores

Para conseguir transportar 107 respiradores e 200 mil máscaras da China, o governo do Maranhão precisou montar o que tem chamado de uma operação de guerra com o envolvimento de 30 pessoas e custo de R$ 6 milhões. A logística foi traçada depois de terem reservado respiradores algumas vezes e terem sido atravessados por Alemanha, EUA e pelo próprio governo federal.

Leia mais emFolha de S. Paulo

Related posts
PolíticaTimor-Leste

Governo timorense diz que nenhum membro do executivo foi constituído arguido ou acusado

MacauPolítica

Instituições judiciárias de Macau também têm missão de travar forças externas

MacauPolítica

Raimundo do Rosário diz que 5G é prioridade do Governo

PolíticaPortugal

Estado português tinha 33 empresas em "falência técnica"

Assine nossa Newsletter