Zona euro à beira de "profunda recessão" - Plataforma Media

Zona euro à beira de “profunda recessão”

A economia da zona do euro deve entrar em uma “profunda recessão” no primeiro semestre de 2020, disseram na quinta-feira o Instituto ifo alemão e o Instituto Económico Suíço KOF.

Segundo os dois institutos, o produto interno bruto (PIB) na zona do euro deverá “cair drasticamente” em 2,3% no primeiro trimestre de 2020 em comparação com o trimestre anterior e em 10,5% no segundo trimestre. No terceiro trimestre, por outro lado, os institutos esperam uma “forte recuperação” do PIB em 8,7%.

“A possibilidade de a pandemia recuar mais cedo do que o previsto é fraca”, observaram os institutos. Um ressurgimento da crise da dívida europeia em larga escala também representaria um risco para o desenvolvimento.

Riscos

Os problemas estruturais e os riscos sistémicos de queda aumentariam “substancialmente” se as medidas governamentais para controlar a pandemia fossem mantidas por um período mais longo, de acordo com os institutos.

A produção industrial na zona do euro deve flutuar particularmente, diminuindo 4,4% no primeiro trimestre, seguida por uma enorme queda de 18% no segundo trimestre, de acordo com a previsão conjunta. Se as medidas de contenção forem relaxadas no verão, os institutos acreditam que a produção industrial recuperará rapidamente em 19% no terceiro trimestre.

Segundo os institutos, o consumo privado na zona do euro irá diminuir em 3,3% e 13,6% no primeiro e segundo trimestres, respetivamente, seguido por um aumento de 12% no terceiro trimestre.

Devido a interrupções no fornecimento, incerteza no planeamento e à preferência pela liquidez, os investimentos na zona do euro deverão cair 2,3% e 10% nos dois primeiros trimestres, antes de aumentar 10,4% no terceiro trimestre, segundo os institutos.

Devido à falta de acontecimentos comparáveis ​​nas últimas décadas e devido ao curso imprevisível da pandemia de coronavírus, as estimativas estão “sujeitas a incerteza substancial”, sublinharam os institutos.

Related posts
EconomiaMundo

Lítio, suprimentos médicos, energia limpa: América Latina pode tirar proveito da crise global

MundoPolítica

AIEA exorta Irão ao diálogo "imediato" para evitar uma crise

EconomiaMundo

América Latina pode ser solução para crise de abastecimento mundial, aponta BID

EconomiaPortugal

Portugal com o maior crescimento económico da zona euro até março

Assine nossa Newsletter