Mundo corre risco de nova vaga devido ao coronavírus, diz banco central chinês - Plataforma Media

Mundo corre risco de nova vaga devido ao coronavírus, diz banco central chinês

O banco central da China alertou a comunidade internacional para estar alerta preparada para uma possível segunda “Grande Depressão” após o surto de Covid-19, embora tenha dito que as chances de isso ocorrer sejam baixas.

“A possibilidade de uma ‘Grande Depressão’ não pode ser descartada se a epidemia continuar fora de controlo e a deterioração da economia real for agravada por uma erupção de riscos financeiros”, afirmou Zhu Jun, diretor do departamento internacional da Banco Popular da China, citado pela mídia local na semana passada.

A difícil escolha entre a necessidade de proteger a saúde pública e o custo económico de encerrar quase todas as atividades provocou alertas de muitos economistas mundiais que acreditam que o choque económico do Covid-19 pode ser mais severo que o provocado pela crise financeira mundial em 2008 ou até mesmo os dados que foram provocados pela Grande Depressão, que começou com uma queda de Wall Street em 1929, com mercados de crédito congelados, enormes falências, o PIB dos EUA a cair mais de 10% e as taxas de desemprego a atingirem 25%. Terminou dez anos depois.

Os economistas acreditam que mesmo havendo contração global, ela não será tão severa quanto a crise dos anos 30. A economia deverá recuperar naturalmente quando as restrições forem levantadas, defendem. Contudo, há já evidências de que o impacto da Covid-19 está a causar desemprego maciço nos EUA.

Artigos relacionados
ChinaSociedade

Província chinesa regista três casos importados de Portugal

Cabo VerdeEconomia

Cabo Verde já recebeu 19 milhões de euros em apoios da União Europeia

PortugalSociedade

Novos casos estabilizam em Portugal mas internados estão a aumentar

ChinaSociedade

China testou vacinas em 60 mil pessoas "sem efeitos adversos sérios"

Assine nossa Newsletter