Nascer no meio de uma pandemia. As marcas que podem ficar nos bebés e nos pais - Plataforma Media

Nascer no meio de uma pandemia. As marcas que podem ficar nos bebés e nos pais

“Olá, Lorenzo! Como escrevi há uns dias, a situação no mundo não está fácil, mas felizmente aqui continuamos os três saudáveis em casa. Pelo que os estudos indicam, irás nascer no pico da pandemia, por isso a mãe está um pouco assustada, claro – não era assim que imaginava a altura do teu nascimento.”

Carla Mottola começou um diário mal entrou em período de baixa, já grávida de 36 semanas. É médica interna de medicina geral e familiar no centro de saúde de Algés e as atualizações de meados de março precipitaram o último dia de trabalho. “Os médicos estavam todos preocupados, porque coincidiu com os dias dos primeiros sustos e das primeiras reuniões”, recorda.

Leia mais em TSF

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Surto de covid-19 na GNR do Porto após almoços-convívio

FuturoPortugal

EUA dão autorização total ao antiviral Remdesivir. Portugal compra 100 mil frascos

MundoSociedade

OMS e Wikipedia anunciam parceria para combater desinformação sobre a covid-19

ChinaHong Kong

UE sugere levantamento de restrições de viagens para Macau perante reciprocidade

Assine nossa Newsletter