ATAQUE A ESQUADRA FAZ DEZENAS DE MORTOS EM XINJIANG - Plataforma Media

ATAQUE A ESQUADRA FAZ DEZENAS DE MORTOS EM XINJIANG

 

Um atentado atribuído a separatistas uigures voltou a manchar a região .

 

Um “ataque terrorista” provocou dezenas de mortos e feridos em Xinjiang, região muçulmana no noroeste da China, revellu na terça-feira hoje a agência de notícias Nova China.

Segundo as notícias, um grupo armado com armas brancas atacou uma esquadra da polícia e prédios públicos na região de Shache, na segunda-feira de manhã. “Dezenas de uigures (minoria muçulmana) e hans (etnia maioritária na China) foram mortos e feridos”, indicou a Nova China. “Polícias mataram dezenas de membros do grupo armado”, acrescentou a agência oficial.

Nos últimos meses ocorreu uma série de ataques sangrentos em locais públicos na província de Xinjiang e noutras regiões, atribuídos pelas autoridades aos uigures islâmicos, que contestam a presença chinesa. Um atentado suicida, cometido em maio, no mercado de Urumqi, capital de Xinjiang, fez 43 mortos – incluindo quatro agressores – e uma centena de feridos.

Em reação, Pequim anunciou uma vasta campanha de luta antiterrorista, que se traduz em dezenas de prisões, condenações massivas, exibições públicas dos “terroristas” e execuções após julgamentos sumários.

Xinjiang tem nove milhões de uigures – muçulmanos de língua turca -, sendo uma parte de radicais que, segundo as autoridades chinesas, vem realizando ataques mortais nos últimos meses. Os grupos de direitos humanos acreditam que a política repressiva da China contra a cultura e religião dos uigures alimenta as tensões e violência na região.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter